Blog da JusCash

Insights, dicas e ferramentas para gestão financeira de advogados e escritórios de advocacia.


21 de junho de 2023
Marketing

Marketing jurídico na prática: descubra como divulgar seu escritório e conseguir mais clientes

Escrito por: Equipe JusCash

Um close-up de um teclado

Escrito por: Equipe JusCash

Compartilhe nas redes:

O marketing jurídico é muito importante para aumentar a visibilidade de seu escritório, conseguir mais clientes e cultivar os que você já possui.

Com o avanço da tecnologia, as pessoas passaram a pesquisar os produtos e serviços de que precisam na internet, e isso inclui os serviços advocatícios. Nesse contexto, o marketing jurídico é fundamental para o advogado que quer aumentar sua visibilidade e credibilidade para captar novos clientes.

Marketing jurídico é o nome dado ao conjunto de estratégias que o advogado pode usar para a divulgação de seu escritório. Essa ferramenta deve estar em conformidade com as regras do Código de Ética e Disciplina da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

O documento determina que o advogado pode divulgar seus serviços profissionais de maneira individual ou coletiva. Mas, para isso, precisa ter discrição e moderação, e seu foco deve ser a informação:

Art. 1º É permitida a publicidade informativa do advogado e da sociedade de advogados, contanto que se limite a levar ao conhecimento do público em geral, ou da clientela, em particular, dados objetivos e verdadeiros a respeito dos serviços de advocacia que se propõe a prestar, observadas as normas do Código de Ética e Disciplina e as deste Provimento.

Saiba mais sobre o marketing jurídico, por que ele é importante e por onde começar a aplicar para a divulgação do seu escritório neste artigo. Boa leitura!

O que é marketing jurídico?

O marketing jurídico é composto por diversas estratégias de divulgação e fortalecimento da imagem de advogados sem ferir o Código de Ética e Disciplina da OAB. A ferramenta pode ser usada para conquistar novos clientes e destacar os diferenciais dos advogados diante da concorrência.

Essa prática requer a definição de estratégias e a criação de um planejamento de divulgação. Para alcançar resultados efetivos, é fundamental que as ações estejam alinhadas às metas do escritório.

Benefícios do marketing jurídico

Conquistar mais clientes

A divulgação individual ainda é muito importante para a aquisição de clientes na advocacia, porém, não é a única, e talvez não seja a melhor estratégia com a qual seu escritório pode contar.

O marketing jurídico ajuda advogados a alcançarem clientes em potencial, que estarão mais propensos a fechar negócio. Isso porque já conhecerão minimamente sua área de atuação e identificarão como você e seu escritório atuam e se comunicam.

Com a estratégia certa, é possível atrair o perfil de pessoas que tem mais aderência ao modelo de serviços que você e seu escritório praticam.

Melhora o relacionamento com o cliente

Assim como a prática da advocacia, marketing é sobre relacionamento, e essa é a forma mais eficaz de fidelização de clientes. As ações de marketing jurídico ajudam na aproximação entre sua marca e seu público de interesse, transformando potenciais clientes em admiradores do seu trabalho.

Ajuda a alcançar metas e objetivos do escritório

Ao investir em marketing jurídico, o advogado acelera o atingimento das metas de crescimento de seu escritório. Mas, para isso, é fundamental que o planejamento estratégico tenha como base os objetivos do negócio. Assim, ações estratégicas poderão ser incluídas na rotina para aproximar o advogado do sucesso esperado.

Competitividade

Quando uma estratégia de marketing jurídico é aplicada com sucesso, o público prefere confiar no trabalho do advogado que já acompanha do que arriscar na contratação de um desconhecido. Por isso, é fundamental trabalhar estrategicamente sua imagem e a de seu escritório para reforçar sua reputação entre clientes e concorrentes.

Como começar a aplicar o marketing jurídico em seu escritório

Para começar a aplicar o marketing jurídico em seu escritório, o advogado autônomo ou pequeno escritório precisa de tempo e disposição. 

Porém, em alguns casos pode ser difícil realizar iniciativas de marketing jurídico por conta própria. Nesse caso, também é possível buscar por uma empresa especializada para te ajudar na criação do site e no suporte à sua estratégia de marketing jurídico.

Independente de qual for sua opção, é muito importante saber quais são as etapas envolvidas no processo. Confira as principais ações necessárias para começar a fazer o marketing jurídico de seu escritório:

Estabeleça metas e objetivos

O planejamento é a base de toda estratégia de marketing bem sucedida. Por isso, é preciso dedicar um tempo à definição de metas, objetivos e prazos para suas ações. Você pode tomar suas metas financeiras e de crescimento como base para esse mapeamento.

Também é importante diluir grandes metas em objetivos menores para facilitar o acompanhamento e o engajamento. Lembre-se que fechar 100 novos negócios em um ano parece muito mais difícil do que conseguir 8 clientes por mês.

Defina seu público-alvo

Mapear o público-alvo é muito importante para definir a melhor estratégia de comunicação para alcançá-lo. Você pode tomar como base as informações dos clientes que você já possui, e buscar padrões nelas, como por exemplo:

  • O tipo de emprego que eles possuem;
  • Suas atividades de lazer;
  • A forma como eles se comunicam mais: por ligações ou mensagens no Whatsapp;
  • Seu estado civil;
  • Se possuem filhos, quantos e de qual idade;
  • Se usam computador com frequência;
  • Como consomem notícias e informações.

As respostas a essas perguntas te ajudarão a definir o perfil das pessoas que estão mais propensas a contratar seus serviços. Esses dados também te ajudarão a definir quando, como e em quais canais aplicar o marketing jurídico.

Faça seu planejamento

No marketing jurídico, constância é algo muito importante. Por isso, considere a frequência de publicações que você fará, delimitando atividades sazonais e rotineiras, definindo responsabilidades e fixando os prazos para a execução das tarefas.

Delimite sua área de atuação

Assim como seu negócio tem um foco de atuação, seu marketing jurídico também precisa ter. Por isso, você deve definir sua região de atuação e comunicá-la em seus canais. Se seu escritório tem uma limitação geográfica, você também deve delimitar a região dos clientes que irá atender para definir as melhores estratégias para alcançá-los.

Direcione o marketing jurídico à principal atividade

É muito importante focar seus esforços de estudo e marketing jurídico na área do Direito que é o carro-chefe de seu escritório, ou seja, naquela que você mais tem ou mais deseja ter clientes.

Se você quiser se posicionar como alguém que atende a todas as áreas, é importante trabalhar a imagem de seu escritório para que o cliente note a capacidade da equipe para resolver diferentes tipos de problemas. 

Seu site é a vitrine do seu escritório

É muito importante contar com um site oficial de seu escritório para poder divulgar informações sobre sua área de atuação, métodos de trabalho e valores morais. Esse é o espaço ideal para mostrar ao cliente suas qualificações e como irá atendê-lo da melhor maneira.

Por isso, é importante investir em um site de qualidade, totalmente otimizado e com um design atrativo. Caso o advogado autônomo ou pequeno escritório não tenha capital para investir em um site, é muito importante focar na presença ativa nas mídias sociais relevantes para seu público-alvo.

O marketing jurídico deve refletir a realidade do escritório

O marketing jurídico é uma ótima ferramenta para construir sua reputação e a do seu escritório. Porém, é igualmente importante que o cliente em potencial tenha uma ótima experiência quando visitar seu escritório físico.

Sua imagem na internet deve refletir as ações diárias de seu escritório. Por isso, é fundamental usar a mesma linguagem na internet e offline e investir na qualidade do atendimento ao cliente e de todas as etapas do seu trabalho.

Conclusão

Criar e executar estratégias de marketing jurídico requer disponibilidade e planejamento. Porém, apesar da rotina cheia de tarefas, é fundamental cuidar da reputação de seu escritório e definir estratégias para se destacar da concorrência.

Não existem fórmulas prontas ou guias infalíveis para o sucesso nessa área. É importante que o profissional se sinta livre para adaptar as metodologias que lhe forem apresentadas à realidade do seu escritório, mas que jamais deixem de se dedicar a essa questão.

Com estratégias simples e baratas, é possível começar a divulgar seu escritório na internet hoje mesmo!

Continue acompanhando nosso blog para conferir ferramentas que ajudarão na divulgação de seu negócio jurídico!

Tags:

Confira as postagens mais acessadas

Planilha controle financeiro

Baixe grátis a nossa planilha de controle financeiro para advogados

Administrar as finanças de um escritório de advocacia pode ser uma tarefa muito complicada. Isso porque envolve divers
Continue lendo Continue lendo
advogado autônomo: saiba como declarar seu imposto de renda 2024!

Advogado autônomo: Como se preparar para o imposto de renda? [Guia 2024]

Você sabe quais impostos um advogado deve pagar e como deve declarar seus honorários no imposto de renda? Descubra nes
Continue lendo Continue lendo

Como declarar honorários advocatícios no Imposto de Renda?

Está em dúvida sobre como declarar honorários advocatícios no Imposto de Renda? Então, confira esse conteúdo e des
Continue lendo Continue lendo