Blog da JusCash

Insights, dicas e ferramentas para gestão financeira de advogados e escritórios de advocacia.


6 de dezembro de 2023
Advocacia

Tendências na Advocacia para aplicar em 2024

Escrito por: Equipe JusCash

Advogado em seu escritório olhando para frente confiante para 2024

Escrito por: Equipe JusCash

Compartilhe nas redes:

Advocacia 4.0, inteligência artificial e o ser humano no centro – tanto em relação aos clientes quanto como equipe e advogado, são as principais perspectivas para o próximo ano.

As tendências na advocacia para 2024 acompanham as mudanças que vêm surgindo nesse setor. Essas perspectivas influenciam a maneira como os operadores do Direito prestam seus serviços, gerenciam seus escritórios e lidam com seus clientes.

Nos últimos anos, o mercado jurídico passou por uma grande evolução e rápida transformação digital. Hoje, Direito 4.0 já é uma realidade – e essa tendência só tende a se expandir.

Neste material, você encontra as principais tendências do setor e descobrir como se preparar para lidar com elas no próximo ano. Continue essa leitura e reúna todas as informações necessárias para o seu planejamento jurídico para 2024!

6 principais tendências na advocacia para 2024

1. Humanização em todas as esferas

“Humanização” é a palavra da década! Na prática jurídica, a área de Direitos Humanos e Igualdade é uma das que mais tem se destacado, mostrando um crescimento promissor na defesa da justiça social.

Isso também se aplica aos atendimentos do dia a dia. Mais do que nunca, o protagonismo será do ser humano e de suas necessidades de contato. Isso significa relações mais transparentes, atenciosas, flexíveis, personalizadas e empáticas.

No mundo dos negócios, isso se traduz em conhecer melhor os clientes para entender suas dores, expectativas, hábitos e necessidades. Dessa forma, será possível entender como o jurídico pode fazer a diferença em suas vidas e negócios. 

A humanização também chega aos operadores do Direito: equilíbrio entre trabalho e vida pessoal, e saúde mental também estarão em pauta – tanto nas conversas quanto em ações. 

2. A tecnologia como aliada

Outra pauta em alta é o aprimoramento da prática jurídica a partir das ferramentas digitais disponíveis.  A tendência é que as atuações sejam mais orientadas por dados, para atender às novas demandas.

O uso da inteligência artificial (IA) tende a crescer ainda mais nesse setor para otimizar rotinas e ter uma atuação mais analítica e segura. A IA jurídica não se limita a uma ferramenta – é um conjunto de tecnologias atuando com diferentes arranjos de dados para atingir diversos objetivos. 

Assim, a adoção correta desse tipo de tecnologia parte da definição das questões que precisam ser solucionadas em sua atuação. A partir disso, é possível escolher uma IA dedicada à resolução desse tipo de problema, o que resultará na otimização da rotina jurídica.

Por exemplo, o Supremo Tribunal Federal já está utilizando ferramentas de IA para otimizar suas operações. Apesar disso, essa é uma questão que ainda causa muitas dúvidas e receios por parte dos advogados. 

É importante ter em mente que esse tipo de ferramenta não tem como ideal substituir os trabalhos humanos, mas otimizá-los. Por exemplo, tarefas baseadas em dados, como pesquisas e precificação, já podem ser simplificadas com o uso de IA. 

3. Segurança digital

A segurança das informações no ambiente digital também faz parte das tendências na advocacia para 2024. O maior destaque continua sendo a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD – Lei nº 13.709).

No Direito, isso significa um amplo campo de trabalho para profissionais que atuam com Direito Digital e Direito da Personalidade. 

4. Trabalho remoto

Cada vez mais, os operadores do Direito estão contando com ferramentas e aplicativos para otimizar e simplificar suas rotinas. Isso possibilita estilos de trabalho como o anywhere office (escritório em qualquer lugar), ou seja, o trabalho remoto sem um ambiente fixo.

Os avanços tecnológicos na área do Direito permitem que as atividades de trabalho sejam integradas ao ambiente digital. Isso permite o acesso às informações, processos e documentos de qualquer local do mundo – aumentando a flexibilidade e a eficiência das operações jurídicas.

5. Equipes jurídicas multidisciplinares

O uso de novas ferramentas no jurídico fará com que as equipes precisem ser multidisciplinares. Isso porque, enquanto o advogado permanece tratando das questões jurídicas, outros especialistas serão responsáveis por lidar com tecnologia e marketing, por exemplo. Assim, as equipes serão compostas por:

  • Advogados;
  • Paralegais;
  • Cientistas de dados;
  • Peritos;
  • Engenheiros de softwares;
  • Outros especialistas que dêem suporte à operação jurídica.

6. Experiência do cliente no centro

O relacionamento entre advogados e seus clientes sempre foi marcado pela proximidade e pela pessoalidade. Porém, essa aproximação muitas vezes esbarrava na barreira da linguagem técnica e outras questões da prática jurídica.

Porém, nos últimos anos, essa realidade se transformou devido a diversos fatores, inclusive pela mudança no comportamento do consumidor. Assim, a importância da experiência do cliente só deve aumentar na prática jurídica no próximo ano.

Nos últimos anos surgiram novos métodos visando aplicar os conceitos de startups e design thinking ao setor jurídico: o legal design e o visual law. Sua intenção é tornar a área mais amigável e desburocratizar o acesso à justiça. 

Clique para entender como aplicar o Legal Design na sua advocacia para melhorar a comunicação com clientes e o judiciário. 

Como se preparar para as tendências na advocacia para 2024? 

1. Fortaleça a marca de seu escritório

Você já ouviu falar sobre construção de marca? Este é um conjunto de elementos que vão te ajudar a transmitir os valores e ideais de seu negócio jurídico aos clientes. Isso pode ser feito por meio da identidade visual, site, redes sociais, etc.

Saiba mais sobre como fortalecer e divulgar seu trabalho por meio da sua marca!

2. Avalie os processos internos

Analise os processos internos, verificando se as rotinas estão alinhadas às demandas, se os processos estão fluindo com organização e rapidez, e se há tarefas a otimizar com a ajuda da tecnologia.

Também busque analisar como estão outros processos gerenciais, como gestão de pessoas, controles financeiros e outros. Todas essas questões são fundamentais para o desenvolvimento do seu escritório.

3. Conheça seu público 

Saber qual é o público que você alcança ou quer alcançar é fundamental para definir as estratégias certas para atraí-los. Isso te ajudará a focar seus esforços para alcançar mais visibilidade e interesse. A IA pode te ajudar a coletar dados e analisar os perfis das pessoas que compõem a base do seu negócio.

4. Construa uma presença digital sólida

A internet é uma ótima vitrine para que você e seu escritório sejam sempre lembrados por seus clientes. Esta também é uma ótima plataforma para construir sua reputação e te ajudar a se tornar autoridade em seu nicho.

Uma das maiores vantagens da internet é que não é necessário fazer grandes investimentos para essa divulgação. Estar ativo nas redes sociais, ter um site ou blog, fazer vídeos ou podcasts são ótimas maneiras de alcançar seu público por meio de um conteúdo jurídico estratégico. 

Descubra como divulgar seu escritório com o marketing jurídico!

5. Esteja sempre atualizado

A atualização profissional quanto às mudanças na legislação e o andamento dos processos é essencial para qualquer advogado. Porém, conhecer o texto da lei pode não ser suficiente para compreender sua abrangência.

Por isso, sempre que possível, busque participar de eventos, palestras e workshops para advogados. Também busque fazer networking com seus colegas de profissão para realizar parcerias, trocar ideias e compartilhar informações úteis.

6. Busque se diferenciar da concorrência

Conhecer a concorrência é fundamental para que você consiga se posicionar e se destacar no mercado. Para isso, busque saber quem são seus concorrentes diretos (que têm o mesmo público que você) e os indiretos (que atuam em nichos diferentes).

Busque analisar a maneira como eles atendem, as principais queixas dos clientes, seus pontos fortes e também os pontos fracos. Também realize essa análise em relação aos processos e atendimento do seu próprio escritório.

Faça uma comparação entre as informações levantadas e busque incluir em seu planejamento estratégias que explorem os pontos de melhoria e ações que possam fortalecer ainda mais seus pontos fortes.

7. Invista em um atendimento humanizado

Prezar por um atendimento humanizado e personalizado é uma maneira de se destacar na advocacia. Porém, essa também é uma maneira de fidelizar os clientes, e aumentar as chances de ter suas solicitações atendidas.

Conclusão

Para acompanhar as tendências na advocacia para 2024 e continuar se destacando neste e nos próximos anos, é essencial gerenciar a cultura e incentivar uma mudança de mentalidade no seu negócio jurídico.

A adoção da tecnologia pode ser muito eficiente para a otimização de seu tempo e rotina de trabalho. Além disso, o foco em um atendimento humanizado aos seus clientes certamente será um grande diferencial para os próximos anos!
Continue acompanhando o blog da JusCash para conferir dicas que vão ajudar a otimizar sua prática jurídica!

Confira as postagens mais acessadas

Planilha controle financeiro

Baixe grátis a nossa planilha de controle financeiro para advogados

Administrar as finanças de um escritório de advocacia pode ser uma tarefa muito complicada. Isso porque envolve divers
Continue lendo Continue lendo

Como se preparar para aposentadoria sendo advogado autônomo

Você já se perguntou se advogado autônomo precisa contribuir com o INSS? A resposta é sim! Entenda por que neste art
Continue lendo Continue lendo
Destaque de honorários contratuais

Destaque de honorários contratuais: o que é e qual a importância?

O destaque de honorários contratuais deve ser requerido pelo profissional do Direito ao longo do processo para evitar p
Continue lendo Continue lendo