Blog da JusCash

Insights, dicas e ferramentas para gestão financeira de advogados e escritórios de advocacia.


15 de janeiro de 2024
Advocacia

Liderança na advocacia: Como motivar equipes

Escrito por: Equipe JusCash

Liderança na advocacia: desafios e como motivar a equipe

Escrito por: Equipe JusCash

Compartilhe nas redes:

Para inspirar o melhor em sua equipe jurídica, os líderes devem buscar manter altos níveis de motivação entre os advogados.

Um escritório de advocacia de sucesso não é construído apenas com as habilidades técnicas dos profissionais da equipe. Existe outro fator que garante que o trabalho seja realizado com qualidade e eficiência: a liderança na advocacia.

O advogado que também é gestor e líder sabe como motivar a equipe, inspirando e engajando todos os profissionais que a compõem. Com isso, é capaz de fazer com que todos trabalhem com propósito e motivação.

Porém, as faculdades de direito não ensinam quais são as habilidades de um bom líder. É necessário desenvolvê-las e aprimorá-las usando conhecimentos sobre gestão e negócios. Que tal começar a desenvolver essa habilidade por meio desse conteúdo? Vamos lá?

O que é motivação e por que ela é importante?

A motivação é formada por fatores como empenho, vontade e determinação de um profissional em atuar em um escritório. Assim, uma alta motivação é sinônimo de comprometimento e interesse em se manter no emprego.

Quando um profissional está motivado, ele está engajado, feliz e satisfeito com a organização em que atua. O resultado é um profissional de alta performance e produtividade, que tende a alcançar todas as metas organizacionais e entregar resultados além do esperado.

A motivação é importante porque os colaboradores são a base para o crescimento de seu escritório. Assim, se você quer resultados satisfatórios, precisa valorizar seu bem mais precioso para aumentar sua motivação. Um colaborador motivado é aquele que:

  • É comprometido com suas tarefas;
  • É engajado com a organização;
  • Tem alta produtividade;
  • Possui alta performance;
  • Não falta;
  • Está alinhado com os objetivos organizacionais;
  • Alcança suas metas;
  • Contribui com ideias inovadoras;
  • Possui um bom relacionamento com toda a equipe;
  • Colabora para um clima organizacional positivo;
  • Influencia positivamente seus colegas;
  • Propaga a marca empregadora;
  • Possui equilíbrio físico e emocional.

E qual empresa não quer um colaborador com essas características, não é mesmo? Muito mais do que apenas cumprir a jornada de trabalho, profissionais motivados produzem mais e melhor, e se tornam verdadeiros parceiros do negócio.

O papel do gestor para motivar e engajar toda a equipe

Contar com uma equipe de advogados engajados e de alta performance demanda dedicação e esforço da liderança. 

Durante muitos anos, a estrutura dos escritórios de advocacia tinha como base relações hierárquicas: os sócios eram responsáveis pelas equipes e pelos resultados que elas produziam.

Hoje, os modelos de gestão na advocacia mudaram. As relações passaram a ser horizontais: as responsabilidades são compartilhadas entre toda a equipe. Esse formato contribui para que os advogados se sintam parte importante do escritório e celebrem os frutos do seu trabalho. 

Nesse modelo, a liderança cumpre um papel essencial. O advogado líder deve criar relações positivas entre estagiários, advogados, sócios, administrativo e financeiro. Ele não é responsável apenas pelos resultados do escritório, mas por identificar as habilidades e necessidades de cada membro da equipe, e por incentivar que entreguem seu melhor.

O advogado líder também precisa garantir que os interesses de cada advogado estejam alinhados com as necessidades do escritório para ampliar os resultados. Abaixo, você confere dicas de como se tornar um advogado líder que motiva sua equipe. Confira!

Boas práticas de motivação de equipes

  1. Comunique as expectativas de desempenho

Uma ótima maneira de motivar os profissionais é deixar bem claro quais resultados o líder espera que eles alcancem. Também é importante definir o que precisa ser feito e quais os próximos passos na rotina de trabalho.

A comunicação deve ser clara e direta, buscando sempre alinhar as expectativas de desempenho coletivo e individual. Essas informações são importantes para evitar ruídos de comunicação e retrabalhos, e para que os profissionais consigam se desenvolver.

  1. Crie uma cultura de feedbacks

Na advocacia, a cultura de feedbacks é muito importante para que as equipes consigam fazer ajustes em seu fluxo de trabalho. Esse também é um momento importante para alinhamento de expectativas, desenvolvimento e inspiração.

Porém, criar uma cultura de feedbacks exige periodicidade. Essa deve se tornar uma prática constante e incorporada à cultura do escritório. Sempre que houver a necessidade de um feedback específico, é fundamental realizar o alinhamento.

Feedbacks sobre ações e comportamentos da equipe são muito importantes para motivar os profissionais a continuarem realizando um serviço de qualidade, tanto para entregas internas quanto para os clientes.

  1. Reconheça as realizações de seus liderados

Reconhecimento gera motivação, autoestima, autoconfiança e melhora o desempenho individual e coletivo dos profissionais. Assim, uma liderança que valoriza as realizações da equipe garante que ela seja mais engajada. Isso inclui tanto atitudes de reconhecimento quanto reconhecimentos financeiros. 

  1. Valorize a individualidade de cada advogado

Ao lidar com equipes, é importante lembrar que mais do que tratar o coletivo, é preciso respeitar a individualidade de cada profissional. Reconheça os pontos fortes e fracos de cada advogado. Isso te ajudará a distribuir melhor as tarefas e a desenvolver laços mais firmes. 

Também saiba ouvir e entender as necessidades de cada profissional para mantê-los alinhados à cultura do escritório. Busque fortalecer as relações de colaboração e produção para um trabalho de alta performance e com bons resultados.

  1. Resista ao impulso de microgerenciar

Como líder, você pode cair na tentação de pensar que seu trabalho é controlar quando e como sua equipe realiza suas tarefas. Porém, o microgerenciamento é a chave para a queda da motivação.

Lembre-se que você contratou cada advogado porque acreditava em sua capacidade de fazer seu trabalho da melhor maneira. Então, para mantê-los motivados, dê a eles o espaço para fazer suas tarefas com tempo e confiança.

  1. Saiba o que acontece no escritório

Por fim, um bom líder é aquele que está atento ao que está acontecendo no escritório. Isso é importante para que, sempre que um colaborador te procurar para tirar dúvidas ou fazer alinhamentos, você saiba o que responder. Mas, fique atento: saber o que acontece não é microgerenciar. 

Benefícios de uma equipe motivada e produtiva

Ter uma equipe motivada e produtiva traz diversas vantagens ao seu escritório. Quando os colaboradores percebem valor em seu trabalho diário, criam vínculos emocionais com a empresa, o que aumenta o empenho, satisfação e qualidade na realização de suas tarefas.

Os principais benefícios que seu escritório pode alcançar ao aprender como motivar equipes são:

  1. Ambiente de trabalho mais agradável;
  2. Infraestrutura de trabalho aprimorada;
  3. Redução de estresse e conflitos;
  4. Crescimento individual e coletivo;
  5. Aumento na produtividade;
  6. Queda no número de demissões;
  7. Redução do absenteísmo (faltas);
  8. Desenvolvimento de competências e habilidades;
  9. Aumento nos lucros;
  10. Mais qualidade no serviço oferecido aos clientes.

Conclusão

Uma equipe motivada também se mantém engajada, produtiva e satisfeita no trabalho. Porém, para chegar a esse cenário ideal, é preciso que o advogado líder se dedique a conhecer sua equipe e aprender como incentivar um clima de trabalho positivo.

Agora que você já sabe o que deve fazer para elevar a motivação de sua equipe, que tal começar a colocar nossas dicas em prática? Encare o desafio e observe a motivação da equipe crescer!

Continue acompanhando o blog da JusCash para conferir mais dicas relevantes de gestão estratégica para seu escritório!

Confira as postagens mais acessadas

Planilha controle financeiro

Baixe grátis a nossa planilha de controle financeiro para advogados

Administrar as finanças de um escritório de advocacia pode ser uma tarefa muito complicada. Isso porque envolve divers
Continue lendo Continue lendo

Como se preparar para aposentadoria sendo advogado autônomo

Você já se perguntou se advogado autônomo precisa contribuir com o INSS? A resposta é sim! Entenda por que neste art
Continue lendo Continue lendo
Destaque de honorários contratuais

Destaque de honorários contratuais: o que é e qual a importância?

O destaque de honorários contratuais deve ser requerido pelo profissional do Direito ao longo do processo para evitar p
Continue lendo Continue lendo